PortuguêsEnglishEspañol

Luana Ferreira de Freitas


Titulação: Doutorado em Literatura – UFSC – 2007

Categoria: Permanente

Linha de pesquisa:

1. Teoria, crítica e história da tradução

2. Tradução, ensino/aquisição de língua estrangeira e novas mídias

Lattes (link de acesso) | E-mail: luanafreitas.luana@gmail.com

Projetos de Pesquisa

O docente em questão aceitará, preferencialmente, a orientação de projetos de mestrado e doutorado que se enquadrem dentro do(s) seguinte(s) projeto(s) de pesquisa em andamento na Pós-graduação em Estudos da Tradução:

  1. Literatura Brasileira Traduzida – A internacionalização sistemática da literatura brasileira pode ser corroborada, entre outros motivos, pelo sucesso da recente empreitada de Benjamin Moser, The Complete Stories, com os contos de Clarice Lispector, e pelos dados disponíveis do projeto Conexões Itaú Cultural e da plataforma Richard Burton, que mapeiam a divulgação das letras brasileiras no estrangeiro. Um dos motivos para o sucesso da recepção de obras brasileiras no exterior e para o crescente número de traduções e retraduções de autores brasileiros fora do Brasil é o Programa de Apoio à Tradução e à Publicação de Autores Brasileiros no Exterior promovido pela Fundação Biblioteca Nacional, que tem apoiado traduções de autores brasileiros. A presente pesquisa pretende aprofundar a análise da história, crítica e recepção da literatura traduzida e retoma minhas pesquisas anteriores, de doutorado, de pós-doutorado e de professora-pesquisadora na Universidade Federal do Ceará.
  2. Tradução Comentada e Anotada – A tradução como leitura extremada é o cerne da investigação proposta e é a partir dessa leitura mesma que tanto comentário quanto tradução são empreendidos. Essa pesquisa tem como objetivo a tradução e retradução de textos literários e teóricos e a reflexão da atividade tradutória por meio de comentários e notas, visibilizando o tradutor. Uma vez que reflexão e leitura são práticas indissociáveis e que todo texto é inerentemente polissêmico, a tradução é um exercício de crítica textual, o que é explicitado nas notas e comentários que a acompanham. Dessa forma, a escolha de estratégias e a análise dos efeitos alcançados por meio dessas constituem a base das reflexões metatextuais.

Grupos de Pesquisa

  1. GP-CNPq Estudos Literários da Tradução, com Walter Carlos Costa, que conta com 8 pesquisadores e 4 discentes.
  2. GP-CNPq História da Tradução, com Marie-Hèlène Torres (UFSC), que conta com 7 pesquisadores e 8 discentes.