PortuguêsEnglishEspañol

Objetivos do Programa

Objetivo Geral

A POET, Pós-Graduação em Estudos da Tradução da Universidade Federal do Ceará, tem por objetivo a formação de pessoal para o exercício das atividades de pesquisa, tradução propriamente dita, edições comentadas de traduções, de magistério superior na área de tradução e na qualificação de professores da educação básica.

O profissional em tradução encontrará áreas de atuação nas instituições de ensino superior bem como em instituições culturais, governamentais e não-governamentais, editoras, jornais, revistas e publicações on-line, onde poderá contribuir tanto de uma maneira prática — como profissional qualificado, ciente do verdadeiro papel, da dimensão e da importância da tradução nos processos de comunicação em um mundo cada vez mais globalizado –, e também desenvolver, academicamente ou não, uma reflexão cada vez mais abrangente e crítica do cenário tradutológico e intercultural, sendo capaz, portanto, de contribuir, de modo prático e teórico, para uma melhora significativa da produção das traduções no país. Nem toda pesquisa e produção em tradução precisa se dar no âmbito acadêmico: basta lembrar nomes importantes como os de Haroldo de Campos, Paulo Rónai e Carlos Alberto Nunes, por exemplo, para ver que a prática e a reflexão da tradução podem se dar (e talvez em alguma medida isso esteja fazendo falta no momento) fora da academia, por meio de jornalistas, tradutores, filósofos, editores etc.

Objetivos Específicos

1. Proporcionar formação continuada e específica em Estudos da Tradução aos estudantes de graduação em Letras, bem como de outras áreas;

2. Vincular pesquisas da graduação às pesquisas realizadas na POET com projetos integrados, no âmbito do PIBIC e do PIBID, nos quais graduandos, pós-graduandos e pós-doutorandos possam atuar em conjunto;

3. Proporcionar o suporte necessário ao desenvolvimento de pesquisas por meio de incentivos aos pesquisadores, professores, estudantes e demais participantes do programa;

4. Incentivar a criação de novos grupos de pesquisa e fóruns de discussão e de divulgação dos avanços do programa;

5. Intensificar as iniciativas de cooperação nacionais, sobretudo com os programas afins da PGET, da Universidade Federal de Santa Catarina, o POSTRAD, da Universidade de Brasília, e o TRADUSP, da Universidade de São Paulo, mas também com centros de excelência de pesquisa em tradução, como a Casa Guilherme de Almeida, a Casa das Rosas, a Fundação Casa de Rui Barbosa e a Fundação Biblioteca Nacional, como meio de integração dos grupos de pesquisa da área;

6. Intensificar as iniciativas de cooperação internacional, sobretudo por meio de acordos formais e bilaterais que permitam a mobilidade de pesquisadores e discentes;

7. Continuar promovendo a internacionalização por meio da ministração de disciplinas em outros idiomas, sobretudo inglês (língua franca “de facto” do meio acadêmico, especialmente da área dos Estudos da Tradução), espanhol, francês e italiano, e do incentivo de produção de artigos nessas línguas e sua publicação em periódicos internacionais, sobretudo em vista dos novos parâmetros de avaliação de periódicos estabelecidos pela CAPES;

8. Criar acordos de cooperação em função das demandas e das necessidades do programa;

9. Estabelecer a POET como um centro de referência nos Estudos da tradução no Norte-Nordeste;

10. Incentivar a pluralidade de idiomas e culturas pesquisados, estendendo as pesquisas a línguas ainda não atendidas, como o as línguas não indo-europeias de relevância para a nossa cultura (Iorubá, por exemplo), LIBRAS, Latim, Grego (antigo e moderno), Sânscrito, Nórdico Antigo, Línguas Eslavas, Uralo-altaicas etc.;

11. Contribuir para o aperfeiçoamento das ferramentas de trabalho do tradutor;

12. Possibilitar a elaboração de traduções anotadas de textos importantes em diferentes áreas, e provenientes de várias línguas e culturas, de forma a oferecer modelos de tradução que possam, eventualmente, incentivar novas práticas entre os tradutores;

13. Possibilitar a elaboração de traduções anotadas de textos importantes, e de diferentes áreas, de textos em língua portuguesa para um amplo leque de línguas, seja através de dissertações e, no futuro, teses, seja através de parcerias com instituições estrangeiras;

14. Disponibilizar em sua totalidade, através de nossa página (https://ppgpoet.ufc.br) o conteúdo de pesquisa e traduções produzidos no âmbito do programa, promovendo o acesso aberto e a democratização do conhecimento produzido com dinheiro público;

15. Tornar a página institucional da POET (www.ppgpoet.ufc.br) um portal trilíngue (português, inglês e espanhol) de acesso e acompanhamento das atividades do programa, disponibilizando as dissertações e teses produzidas bem como outros tipos de produção bibliográfica e conteúdos multimídia (vídeos, podcasts, entrevistas etc.);

16. Investir no ensino a distância por meio da promoção de cursos on-line através de videoconferência e streaming ao vivo de eventos e palestras;

17. Criar, com a ajuda de José Lambert e de outros especialistas na área, o Brazilian Journal of Literary Translation (BJLT), uma revista que irá buscar, desde a sua concepção, a internacionalização do programa por meio da veiculação de pesquisa de ponta na forma de artigos, resenhas e ensaios publicados apenas em inglês. A revista irá incorporar, desde sua concepção, as recomendações de indexadores importantes como o Scielo, Doaj, Ulrich, Dialnet e Latindex e pretende preencher uma lacuna no cenário acadêmico voltado, em sua maioria, para o público nacional.