Área do cabeçalho
gov.br

Este sítio foi reprojetado para melhor atendê-lo. Acesse já pelo celular e veja mais essa novidade

Portal da UFC Acesso a informação da UFC Ouvidoria Conteúdo disponível em: PortuguêsEnglishEspañol

Universidade Federal do Ceará
Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução

Área do conteúdo

Deledda nas terras de Iracema: uma tradução cearense de I tre fratelli

Data de publicação: 11 de junho de 2021. Categoria: Bate-papo, Eventos, Notícias
O Projeto Formação de Tradutores Literários da UERJ convida o professor Rafael Ferreira da Silva para uma conversa sobre tradução literária com o tema  Deledda nas terras de Iracema: uma tradução cearense de I tre fratelli.
Data: 25/06/2021 às 16h
Transmissão simultânea: canal youtube Italianística UERJ

Inscrições: clique aqui

Resumo

Grazia Deledda (1871-1936) foi a única mulher italiana a receber o Nobel de Literatura e este ano se celebram 150 anos de seu nascimento. Esta ação, além de obviamente render homenagem a essa magnífica escritora, tem como objetivo propor uma tradução para o conto “I tre fratelli”. Partindo do princípio de que a língua é feita por falantes, como afirmam Preti (2010) e Tarallo (1999), deve-se reconhecer o seu caráter adaptável e a sua rica variedade. Em todas as comunidades de fala são frequentes as diversas formas em variação, ou seja, diversas formas de se falar uma mesma coisa.

Deste modo, implica sobre ela um conjunto de subjetividades, de culturas e de identidades, fatores que vão influenciar diretamente a tradução. A partir das teorias de Hall (2014), sobre identidade cultural, e de Venuti (2002), sobre os processos de tradução, propomos com este projeto duas ações: traduzir o conto para a norma padrão do português brasileiro, sob um viés mais estrangeirizador, e também transportá-lo para o dialeto cearense, considerando a oralidade original do conto, compilado por Deledda, usando de uma língua/cultura meta domesticada.

A nossa metodologia consiste na tradução comentada, seguindo as estratégias sintáticas, semânticas e pragmáticas de Chesterman (2016), valendo-se da estrangeirização e/ou da domesticação da língua/cultura de partida. Para uma melhor visualização da nossa
proposta, elaboramos um quadro sinótico com expressões presentes na obra na língua fonte e as traduções para o português brasileiro e para a variante cearense.

Palavras-chave: Estudos da Tradução; Tradução Literária; Literatura italiana traduzida

Acessar Ir para o topo